portugueseenglish

Itineraries

Dicas de viagem by Jose Barazal 2016

 

Foi perguntado ao Barazal sobre adaptações nas Safaris.
Veja a resposta.

Ao Eduardo e aos colegas do SAMPA KOMBI CLUBE:
 
Perdoem-me pela longa explanação.
 
A Kombi SAFARI Tartaruga é uma paixão! Se agirmos com a razão, seu uso é gratificante e as viagens inesquecíveis. Parabéns pela aquisição! Polegar para cima
 
Alerto que eu não sou a pessoa indicada para este tipo de orientação (modificações no veículo), pelas seguintes razões:
 
Lembremo-nos antes de mais nada, que a SAFARI é um veículo de lazerIlha com palmeira, mais lento Caracolque os demais e as viagens devem ser muito bem planejadas. Se houver pressa para chegar a um destino, melhor ir de automóvel em bom estado de conservação e usar a rede de hotéis para pernoites, bem como restaurantes Prato para as refeições.
 
1 – Como Engenheiro, não sou adepto de modificações mecânicas artesanais em equipamentos desenvolvidos por profissionais de Engenharia, no caso as equipes da VW alemã e da Karmann-Ghia;
 
2 – Nos meus longos anos de vivência com SAFARI (31 anos), só ouço fatos negativos com estes tipos de adaptações: alargadores, rodagem dupla, etc. Vi modificações para motores tipo “AP”, que resultaram em problemas irreparáveis. É de chorar Smiley chorando o que chegam a fazer! Um deles eliminou a cama trazeira / sofá para acomodar o tal motor AP.
 
3 – Rodo muito com minha SAFARI, constantemente, curtas ou longas viagens. O que faço? Pneus em ótimo estado, dois estepes, suspensão e terminais de direção impecáveis, “molões” espirais nos amortecedores, amortecedores em ótimo estado e direção defensiva. Entro em curvas, pensando e estimando a força centrífuga, carrego apenas o essencial, uso a velocidade compatível com a pista, com ventos laterais diminuo a velocidade e eventualmente paro, alinhando a frente (que é um aerofólio aerodinâmico – ver “Lei de Bernoulli”) com o vento predominante. Lubrifico (faço engraxar) o veículo a cada troca de óleo (5 mil km). Freios corretamente regulados. Pneus radiais 8 lonas, pressão 45 libras ou 3 bar. Regulagem de válvulas de cabeçote, a cada 5 mil km. Meu motor é o original, dupla carburação, 1.600. Subo a serra da rodovia dos Imigrantes sem obstáculos, em terceira marcha. Desço a Serra do Rio do Rastro (SC) em primeira marcha, freio motor e paro duas vezes no trecho de 15 km, para descansar e permitir que os outros que me seguem, não fiquem “amarrados”. Planejando faço viagens com trechos de 500 / 600 KM ao dia, pernoito em pontos previamente definidos e seguros. Nunca tive surpresas negativas, graças ao nosso bom Deus e planejamento da viagem. Evito viajar à noite Relógio . Se puder não viajo com chuva Nuvem de tempestade por longo trecho. Nos dias de hoje temos previsões meteorológicas confiáveis.
 
SEU TEMA, SUGESTÕES:
 
Alargadores afetam o conjunto de tração e o câmbio. É uma questão de física aplicada (alavanca e momento de força). Rodagem dupla afeta mais ainda, além de pagar pedágio Ônibus escolar em dobro e colocar mais peso morto no conjunto. Qual a vantagem?   
 
Mesmo assim, entendo que cada proprietário tem o direito e a opção de modificar seu veículo, dentro da  Legislação vigente, (CTB Lei 9503 de 23/12/1997 e Resolução CONTRAN 533/78) mas sugiro que antes disto, fale com quem já fez as modificações e posteriormente com seu Despachante de Trânsito. Confira quantas SAFARIS foram assim modificadas e estejam ainda rodando como eu rodo, Brasil afora e países limítrofes. Tendo modificado o veículo sem atender a Lei, estará sujeito a que um policial rodoviário ou de trânsito, resolva aplicar a Lei ou o “jeitinho”, atazanando o que seria uma bela viagem de lazer Arco-íris.
 
Uma pessoa a ser consultada é o amigo Marcos Pivari do site www.macamp.com.br que é a meu ver, conhecedor profundo e coerente em todos os seus pareceres no tema campismo e motor homes.
 
Por último, mas não menos importante, SEJA FELIZ COM SUA SAFARI, viva o momento presente!
 
Estou no youtube, com minha safari: buscar vídeo-> “eu e minha Kombi”.
 
José Barazal Alvarez
(11) 9-8826-1637
 
P.S.: Sugiro ao amigo Eduardo que reproduza estas informações, se assim entender, na página do SKC, pois estas questões são recorrentes.
 
JBA
 

Sampa Kombi Clube

Our members are passionate about the most lovable “bread loaf over wheels”, that has ever existed in the automobilist industry, our dear Kombi van.

We intend to gather as many van owners as possible to exchange ideas, arrange meetings, assist in restoration, tell stories, find parts, indicate professionals and services, ultimately, everything that is related to these vans.

Our partners