portuguesingles

Informações técnicas

Kombi 1982


Autores: Eduardo Gedrait e Jean Strifezzi

Criação: Março de 2016
Atualização: Março de 2019

Produção em 1982 de 45.339 unidades (do chassi BH 711549 até o chassi BH 756888) 




Cores originais

Branco paina - L9925
Bege palha - L9926
Verde alamo - L9934


Tipo de Kombis na plaqueta:

204 - Luxo
211 - Furgão
231 - STD
261 - Pick-up
265 - Pick-up cabine dupla
 

O que mudou na kombi em 1982?
Necessário que você laia o material de 1981.

1) Em abril de 1982, freio de mão no painel
2) nova chave de seta com alavanca integrada
3) novas rodas
4) freio a disco dianteiro


5) Em 1982, chegava a versão 1.6 a álcool com 57 cv de potencia, 8 cv a mais que o motor a gasolina. Um detalhe curioso, externamente havia um bocal para abastecimento de cada lado do veiculo. O do lado direito era o tanque de combustível normal e o do lado esquerdo, era utilizado apenas para o reservatório de gasolina, para auxiliar a partida a frio. Utilizava dupla carburação com válvula Termac (que captavam o ar quente do coletor de admissão) para auxiliar no aquecimento enquanto o motor ainda estivesse frio. Seu consumo era elevado, cerca de 5 km por litro em percursos urbanos, mas valia a pena graças a diferença no preço do combustível, que naquela época a gasolina chegava a custar o dobro do preço do álcool. (trecho do livro Clássicos do Brasil, Kombi).
















                    

 

Sampa Kombi Clube

Somos um grupo de apaixonados pelo mais simpático "pão de forma" sobre rodas que já existiu na indústria automobilística, a nossa querida Kombi.

Temos a intenção de reunir o maior número possível de proprietários de Kombis para trocar idéias, promover encontros, ajudar na restauração, contar histórias, buscar peças, indicar profissionais, enfim, tudo relacionado à Kombi.

Parceiros